LGPD: confira mitos e verdades sobre a lei que segue impactando o mundo empresarial

N 49052 119e5d5c4ad46aae06cd490f9f1f0c5a - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Compartilhe nas redes!

Desde o dia 1º de agosto de 2021 passou a ser válida multa às empresas que não atenderem às novas exigências.

O aumento dos casos de vazamento de dados, principalmente, durante a pandemia tornou-se uma preocupação cada vez maior para a população e, principalmente, para as empresas, já que a vigência plena da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) está válida desde o começo de agosto.

Com quase dois meses de implementação total, a LGPD trouxe mudanças importantes para a coleta, o tratamento e o armazenamento de dados pessoais pelas companhias. A preocupação com o tema acabou criando também alguns mitos, que cercam as empresas que precisam urgentemente implantar ou aperfeiçoar seus sistemas.

Embora seja urgente essa adaptação, estudo recém-divulgado da Fundação Dom Cabral (FDC), feito com 207 companhias brasileiras que têm conselho de administração ou consultivo em suas estruturas, mostra que no 1º semestre deste ano 40% delas admitiram não estar ajustadas às novas exigências.

Para Sylvio Sobreira, CEO da SVX Corporate, consultoria em Governança, Proteção de Dados e Inovação, “as empresas que ainda não se moldaram, devem começar o quanto antes a implantar esse procedimento, pois demandará um trabalho amplo e complexo, cujo não cumprimento implicará em multas que podem chegar a 2% do faturamento da organização”.

O executivo esclarece alguns mitos e verdades que irão auxiliar de maneira objetiva as empresas a direcionar esforços e investimentos de modo assertivo nessa necessidade de ajustes:

A LGPD veio para dificultar o uso de dados pessoais pelas empresas?

Mito! A Lei foi implementada para reformular a maneira com que as empresas trabalham com dados pessoais dos clientes. A normativa é bem rígida com relação à privacidade dos usuários, mas também oferece benefícios como fornecer mais segurança jurídica e traz mais transparência para o relacionamento cliente – empresa. Além de facilitar a gestão de dados.

A principal regra da legislação é pedir o consentimento para tratar dados pessoais?

Mito! A normativa traz dez bases legais para argumentar o tratamento de dados pessoais, sendo o consentimento apenas uma delas. Ou seja, o consentimento do cliente é essencial, quando não é possível enquadrar o tratamento em nenhuma das outras bases previstas.

Todas as informações pessoais dos usuários devem ser eliminadas dos bancos de dados das empresas de maneira definitiva?

Verdade! A LGPD traz como um direito para os titulares que seus dados sejam eliminados, só poderão ser armazenados caso exista alguma obrigação legal que a empresa necessita cumprir (por exemplo: um funcionário com seus dados trabalhistas). Ou o registro de uma compra em que existem prazos específicos estabelecidos pela Secretaria da Fazenda. Caso contrário, as empresas que receberem este tipo de solicitação, deverão ser capazes de atender e demonstrar evidências.

Dados guardados em arquivos físicos não se enquadram na lei?

Mito! A lei não distingue a forma como os dados pessoais são tratados (arquivo físico ou eletrônico). O que está bem claro é que todas as informações devem ser resguardadas e a maneira como a empresa usa essas informações deve ser transparente e explícita para os titulares.

Fonte:https://www.contabeis.com.br/noticias/49052/lgpd-confira-mitos-e-verdades-sobre-a-lei-que-segue-impactando-o-mundo-empresarial/

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

O Que é O Imposto Retido Na Fonte - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é o Imposto Retido na Fonte?

Você sabia que o Brasil é o segundo país que mais tributa empresas no mundo? De acordo com dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o nosso país ficou na frente de outras 109 nações, perdendo somente

Como Calcular O Csll No Lucro Presumido - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como calcular o CSLL no Lucro Presumido?

Ficar em dia com as obrigações fiscais de uma empresa não é uma tarefa fácil. Não à toa, organizações de porte médio ou grande possuem setores especificamente dedicados à lidar com essas atividades, garantindo que a fatia do leão seja

O Que é Sócio Majoritário - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é sócio majoritário? Elimine suas dúvidas!

Por trás de qualquer empresa existem pessoas. Quando estamos desempenhando o papel de cliente é fácil nos esquecermos disso, mas o “outro lado” é bastante real. Todas as decisões que levam ao sucesso ou ao fracasso de um negócio são

Como Funciona A Dissolução De Sociedade Empresarial - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como funciona a dissolução de sociedade empresarial?

Segundo informações registradas no boletim do Mapa de Empresas, publicado pela Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, o Brasil conta com quase 20 milhões de empresas ativas. O aumento desses números está relacionado com uma série

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Conheça mais sobre o serviço de acesso a Soluções Financeiras…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top