Descubra os desafios do mercado ao se preparar para o Open Banking e saia na frente

5343576a Fd37 4243 9dcc 1da7bca3b2ce - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Compartilhe nas redes!

Preparação para o novo sistema que compartilha dados e facilita acesso a crédito ainda é baixa. Veja como sair na frente e garantir seu sucesso!

No dia 13 de agosto, a implementação do Open Banking no Brasil entrou em sua segunda fase. Nesta etapa, feita de maneira escalonada e dividida em quatro ciclos, os clientes das instituições participantes poderão solicitar o compartilhamento de seus dados cadastrais, bem como de informações sobre suas transações financeiras, seus cartões de crédito e seus produtos de crédito contratados. Ao estimular o compartilhamento desses dados, o Banco Central pretende aumentar a concorrência no setor, beneficiando os consumidores com produtos e serviços mais adequados ao seu perfil, com tarifas e taxas de juros mais competitivas.

Embora a primeira fase do Open Banking tenha começado em fevereiro, e o cronograma do Banco Central estabeleça que o novo modelo esteja completamente implantado até setembro de 2022, a maioria das empresas ainda está pouco preparada para explorar todo o potencial de novos negócios gerados pelo sistema bancário aberto. É o que revela uma pesquisa recente da Serasa Experian com 15 companhias de todos os portes e instaladas em diversas regiões do país.

Para ouvir e avaliar as instituições, a pesquisa analisou a percepção de funcionários envolvidos em projetos relacionados a Open Banking. Assim, concluiu-se que, das 15 instituições entrevistadas, 9 ainda estão pouco preparadas para a novidade. Além disso, 10 delas têm pouco conhecimento sobre o assunto e apenas 3 aparentam possuir um alto nível de conhecimento e estar bem preparadas.

A pesquisa ainda constatou que, apesar de nenhuma empresa encarar o Open Banking como uma ameaça, algumas delas ainda não têm uma posição clara e um plano de ação para quando a implantação do sistema for completa, mas, mesmo sem um plano de ação traçado, a maioria dos entrevistados está otimista e enxerga grandes oportunidades de negócios à frente.

Desafios que estão por vir

Mas se as empresas reconhecem a importância e as oportunidades de negócios do sistema aberto, por que a maioria ainda se encontra nas etapas iniciais de implantação de seus projetos? A resposta passa por dois fatores: a necessidade de compreender melhor o Open Banking e as estratégias para explorar todo o seu potencial.

Segundo a pesquisa, os desafios que vêm retardando o avanço das instituições se concentram no entendimento da parte regulatória, no esforço de desenvolvimento tecnológico, na padronização e análise das bases de dados e em questões relacionadas à segurança da informação. A busca de parceiros familiarizados com o assunto e capacitados para prestar a assistência necessária também foi citada pelos entrevistados.

Essa dificuldade em encontrar os parceiros certos, aliás, tem levado muitas companhias a desenvolver internamente tudo o que precisam para participar do Open Banking. Mas a boa notícia é que elas não precisam reinventar a roda para embarcar nesse novo mercado. Presente no Brasil há mais de 50 anos, a Serasa Experian possui reconhecido know-how em muitos dos desafios enfrentados por bancos, fintechs e demais participantes desse ecossistema. O foco, então, é aportar todo o conhecimento da instituição, bem como sua expertise em tratamento de dados, para que instituições participantes estejam aptas a lidar com toda a revolução que o Open Banking irá proporcionar ao mercado.

Não há receita exata. O grande ponto trazido pelo novo mecanismo do Banco Central é como refinar os dados para que eles trabalhem a seu favor. É justamente nesse quesito que a Serasa Experian pode apoiar seus parceiros. Isso porque o grande volume e a diversidade de informações darão oportunidade a uma análise refinada de como enxergar novas oportunidades de negócios, ter uma tomada de decisão mais precisa, reduzir os riscos, além de ofertar melhores preços.

Exemplos de sucesso internacional

A Serasa Experian conta também com sua experiência internacional, por meio do grupo global. No Reino Unido, país pioneiro na implantação do Open Banking, a Experian acumula exemplos de parcerias bem-sucedidas com empresas locais. Esse é o caso da financeira Molo, que aderiu ao grupo de parceiros da Experian em fevereiro de 2020.

Desde então, a empresa vem colhendo resultados promissores: por meio da expertise da Experian, a Molo passou a disponibilizar a seus clientes opções de empréstimos hipotecários de uma maneira mais rápida e segura. Isso porque o serviço de Open Banking da Experian oferece aos clientes da Molo a opção de fornecer uma espécie de verificação digital instantânea no processo de busca, arquivamento de dados e armazenamento de documentos que, tradicionalmente, leva semanas para ser aprovado ou checado. Essa expertise permite que as pessoas tenham acesso ao crédito de qualidade de uma maneira prática e mais simples – e até mais cedo do que esperavam.

O cardápio de soluções da Serasa Experian para quem deseja explorar todo o potencial do Open Banking é vasto. Seus serviços incluem, por exemplo, categorização de transações, verificação de renda e identidade. Tudo isso permite as instituições trabalharem melhor com os dados obtidos, gerando mais fidelidade e engajamento de seus clientes, bem como agilidade nas ofertas.

Assim, para quem já está implantando o Open Banking, a Serasa Experian pode ser um parceiro estratégico para acelerar projetos e fazer com que a empresa ganhe ainda mais dianteira em relação aos concorrentes. E, para quem ainda está no início, pode ser um forte trampolim para saltar etapas, economizar tempo e dinheiro e se posicionar na ponta do sistema bancário do futuro.

Fonte:https://www.serasaexperian.com.br/conteudos/open-banking/descubra-os-desafios-do-mercado-ao-se-preparar-para-o-open-banking-e-saia-na-frente/

 

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

O Que é Escrituração Contábil Fiscal - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é Escrituração Contábil Fiscal (ECF) e para que serve?

Documento é obrigatório para todas as empresas, sejam isentas ou tributadas Até 2014, era obrigatório o envio da Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) pelas empresas brasileiras. Este documento foi substituído pela Escrituração Contábil Fiscal, conhecida pela sigla

Qual A Importância Da Medicina Do Trabalho - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Qual é a importância da medicina do trabalho?

Mesmo com tantos avanços, é fato que boa parte das organizações ainda não entendem qual é a importância da medicina do trabalho. Então é por isso que vamos abordar esse tema. É fato que as empresas precisam se preocupar com

Flutuação De Preços E Estoques - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Flutuação de preços e estoques

Um dos principais desafios das empresas atuais é a flutuação de preços. Nesse momento existem duas variáveis difíceis de serem previstas: possuir um estoque maior e com isso ganhar descontos por compras grandes e um melhor preço, ou possuir um

Como Calcular O Preço De Venda De Um Produto Ou Serviço - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como calcular o preço de venda de um produto ou serviço?

Provavelmente, todo mundo que já pensou em abrir um negócio deve ter pesquisado sobre como calcular o preço de venda de um produto ou serviço. Afinal, essa é uma parte de extrema importância para qualquer empreendimento, já que será responsável

Como Funciona A Previdência Privada Empresarial - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como funciona a previdência privada empresarial?

Com as mudanças realizadas na aposentadoria pública há algum tempo, as pessoas começaram a repensar o seu futuro. Com isso, o questionamento sobre como funciona a previdência privada empresarial aumentou. Como consequência, as empresas passaram a investir mais nessa modalidade.

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Dados são do Procon-SP que realizou a análise no mês…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top