Confira quanto uma pessoa jurídica pode pagar nas tarifas de transações via Pix

N 48807 585531eaf590b7eb1761e75e3c9b520d - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Compartilhe nas redes!

O pix é um serviço totalmente gratuito para pessoas físicas. No entanto, as transferências instantâneas podem ser caras para PJs.

Em apenas 10 meses de seu lançamento, o Pix já se tornou um dos meios de pagamentos favoritos dos brasileiros e já superou tanto em quantidade de transações quanto em valores movimentados as operações feitas em DOC e TED no país.

Oferecendo praticidade e agilidade, o serviço de transferências instantâneas se tornou muito presente na rotina de compras e quitações de dívidas. Desenvolvido pelo Banco Central, o Pix tem bons limites, horários flexíveis e é gratuito para a maior parte de seus usuários, menos para os empresariais.

Segundo João Esposito, economista e CEO da Express CTB – accountech de contabilidade, “aqueles que possuem CNPJs, mas se enquadram nas categorias de Microempreendedor Individual e Empresário Individual não podem ser tarifados pelo serviço de transações instantâneas, de acordo com a resolução publicada pelo Banco Central. As demais pessoas jurídicas devem se atentar aos valores das tarifas em cada instituição”.

As taxas a serem cobradas para o recebimento e o envio de uma transação podem ser diferentes, com alguns bancos apresentando taxas fixas e outros percentuais. Dentre as instituições financeiras, os bancos Itaú, Bradesco e Banco do Brasil são os que apresentam as tarifas mais altas.

Confira abaixo as taxas do Pix nos maiores bancos brasileiros

Banco Tarifa de transferência ou pagamento via Pix Tarifa de recebimento via Pix
Banco do Brasil até 0,99% do valor pago, com tarifa mínima de R$ 1 e máximo de R$ 10 até 0,99% do valor da transação, com tarifa máxima de R$ 140
Bradesco até 1,4% do valor pago, com tarifa mínima de R$ 1,65 e máxima de R$ 9 até 1,4% do valor da transação em vendas via QR Code, com tarifa mínima de R$ 0,90 e máxima de R$145
C6 Bank zero zero (até abril de 2023)
Caixa zero zero
Inter zero zero
Itaú até 1,45% do valor pago, com tarifa mínima de R$ 1,75 e máxima de R$ 9,60 até 1,45% do valor da transação, com tarifa mínima de R$ 1 e máxima de R$ 150
Mercado Pago zero 0,99% em vendas online

0% em vendas via QR Code

Nubank zero zero
PagSeguro zero até 1,89% do valor da transação em vendas online ou via QR Code
Safra até 1,3% do valor pago, com tarifa mínima de R$ 1,50 e máxima de R$ 9,90 até 1,3% do valor de transações via QR Code, com tarifa mínima de R$ 1,50 e máxima de R$ 150
Santander até 1% do valor pago, com tarifa mínima de R$ 0,50 e máxima de R$ 10 até 1% do valor da transação, com tarifa mínima de R$ 0,50 e máxima de R$ 11

 

“Vale ressaltar que essas taxas estão sempre sujeitas a mudanças. Assim, é importante que os empresários se mantenham atentos a qualquer alteração nestes valores”, explica Esposito.

Fonte:https://www.contabeis.com.br/noticias/48807/confira-quanto-uma-pessoa-juridica-pode-pagar-nas-tarifas-de-transacoes-via-pix/

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

O Que é O Imposto Retido Na Fonte - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é o Imposto Retido na Fonte?

Você sabia que o Brasil é o segundo país que mais tributa empresas no mundo? De acordo com dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o nosso país ficou na frente de outras 109 nações, perdendo somente

Como Calcular O Csll No Lucro Presumido - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como calcular o CSLL no Lucro Presumido?

Ficar em dia com as obrigações fiscais de uma empresa não é uma tarefa fácil. Não à toa, organizações de porte médio ou grande possuem setores especificamente dedicados à lidar com essas atividades, garantindo que a fatia do leão seja

O Que é Sócio Majoritário - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é sócio majoritário? Elimine suas dúvidas!

Por trás de qualquer empresa existem pessoas. Quando estamos desempenhando o papel de cliente é fácil nos esquecermos disso, mas o “outro lado” é bastante real. Todas as decisões que levam ao sucesso ou ao fracasso de um negócio são

Como Funciona A Dissolução De Sociedade Empresarial - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como funciona a dissolução de sociedade empresarial?

Segundo informações registradas no boletim do Mapa de Empresas, publicado pela Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, o Brasil conta com quase 20 milhões de empresas ativas. O aumento desses números está relacionado com uma série

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
É o sétimo mês seguido que a Receita Federal registra…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top