Qual a diferença entre Margem de Contribuição e Markup?

Money 1015277 1920 Contabilidade Em Campo Limpo Sp | Aspecto Contabilidade Blog - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Compartilhe nas redes!

arte fundamental da gestão de uma empresa, sem dúvida, é a precificação de seus produtos ou serviços. Sabemos que o lucro é vital para que as empresas possam continuar operando e saber precificar é fundamental

Pode ser em um negócio que está se iniciando ou em um empreendimento consolidado, a dúvida sobre como precificar adequadamente os produtos ou serviços é uma realidade. Aspectos como: Concorrência agressiva, necessidade de capital de giro, queda nas vendas podem influenciar nas decisões cotidianas de precificação, é preciso ter muito cuidado ao realizar essa tarefa pois cada produto ou serviço prestado por uma empresa precisa “contribuir” de forma efetiva para a composição do lucro e consequentemente ajudar a manter a empresa rentável.

Falando em contribuição, o primeiro conceito que temos que ter em mente é o da Margem de contribuição, esse termo se refere ao quanto um produto ou serviço contribui diretamente em termos de lucro para que a empresa possa honrar suas despesas fixas como: Aluguel, salários, água, luz, telefone, internet dentre outras. De forma básica, o lucro de cada produto é obtido retirando-se do preço de venda final ao consumidor os custos para a obtenção do produto ou serviço incluindo os impostos, fretes e demais despesas pertinentes a disponibilização daquele item ao cliente e também alguma despesa variável que possa ocorrer como por exemplo a comissão sobre a venda. Vejamos um exemplo prático:

Custo:R$ 2,30

Preço de venda:R$ 3,40

Lucro: R$ 1,10

A partir desses dados, já temos condições de calcular a margem de contribuição na forma percentual, para isso, basta dividir o valor do lucro pelo valor de venda e multiplicar por 100, vejamos:

(1,10 / 3,40) * 100 = 32,36%

Isso quer dizer que a cada venda desse refrigerante a empresa pode separar 32,36% ou R$ 1,10 do valor total para pagar suas despesas fixas. É muito importante lembrar que a margem de contribuição deve ser calculada com base no valor de venda final do produto ou serviço.

Agora que vimos como calcular a Margem de contribuição, vamos entender um pouco melhor como funciona o Markup, esta técnica ainda é largamente utilizada principalmente no varejo e consiste em aplicar um determinado percentual ao custo do produto para que seja então formado o preço de venda, vejamos o mesmo caso do refrigerante:

Produto: Refrigerante feliz 2 litros.

Custo:R$ 2,30

Produto: Refrigerante feliz 2 litros.

Preço de venda:R$ 3,40

Lucro: R$ 1,10

Para encontrarmos o markup, é necessário dividir o lucro pelo valor de custo do produto e só então multiplicar o resultado por 100, vejamos:

(1,10 / 2,30) * 100 = 47,83%

Esse cálculo nos diz que para obter R$ 1,10 de lucro na venda desse produto, é preciso aplicar 47,83% sobre o valor de custo.

Olhando para as duas forma de cálculo é perceptível que são abordagens diferentes e é muito importante que saibamos utilizá-las da forma correta, é muito comum o uso do Markup esperando-se que ao final da venda realizada o valor que fora estipulado “sobre” e não é bem isso que vemos na prática, no caso do refrigerante que exemplificamos, se desejarmos ter uma “sobra” de 50% por exemplo, não podemos simplesmente aplicar esse percentual ao custo, devemos sempre pensar no preço de venda, veja essa simulação:

Produto: Refrigerante feliz 2 litros.

Custo:R$ 2,30

Preço de venda:R$ ?

Lucro desejado: 50%

A fórmula para cacularmos o preço de venda com a Margem de contribuição desejada é:

Custo – (100 – margem desejada) * 100

Aplicando:

(2,30) / (100 – 50) * 100 = R$ 4,60

Resumindo se eu desejo que a cada refrigerante vendido “sobre” 50% do valor de venda, tenho que praticar o valor de R$ 4,60.

Fique atento(a) sempre que for calcular o preço de venda de seus produtos, procure sempre saber a sua margem de contribuição real, com isso você terá condições de calcular o ponto de equilíbrio do seu negócio evitando assim surpresas indesejadas.

Fonte : https://administradores.com.br/artigos/qual-a-diferença-entre-margem-de-contribuição-e-markup

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

O Que é Escrituração Contábil Fiscal - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é Escrituração Contábil Fiscal (ECF) e para que serve?

Documento é obrigatório para todas as empresas, sejam isentas ou tributadas Até 2014, era obrigatório o envio da Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) pelas empresas brasileiras. Este documento foi substituído pela Escrituração Contábil Fiscal, conhecida pela sigla

Qual A Importância Da Medicina Do Trabalho - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Qual é a importância da medicina do trabalho?

Mesmo com tantos avanços, é fato que boa parte das organizações ainda não entendem qual é a importância da medicina do trabalho. Então é por isso que vamos abordar esse tema. É fato que as empresas precisam se preocupar com

Flutuação De Preços E Estoques - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Flutuação de preços e estoques

Um dos principais desafios das empresas atuais é a flutuação de preços. Nesse momento existem duas variáveis difíceis de serem previstas: possuir um estoque maior e com isso ganhar descontos por compras grandes e um melhor preço, ou possuir um

Como Calcular O Preço De Venda De Um Produto Ou Serviço - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como calcular o preço de venda de um produto ou serviço?

Provavelmente, todo mundo que já pensou em abrir um negócio deve ter pesquisado sobre como calcular o preço de venda de um produto ou serviço. Afinal, essa é uma parte de extrema importância para qualquer empreendimento, já que será responsável

Como Funciona A Previdência Privada Empresarial - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como funciona a previdência privada empresarial?

Com as mudanças realizadas na aposentadoria pública há algum tempo, as pessoas começaram a repensar o seu futuro. Com isso, o questionamento sobre como funciona a previdência privada empresarial aumentou. Como consequência, as empresas passaram a investir mais nessa modalidade.

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Quase metade da força de trabalho formal está em empresas…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top