Entenda a diferença entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil

Diferença Entre Fluxo De Caixa Financeiro E Resultado Contábil - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Compartilhe nas redes!

A vida do empreendedor é repleta de desafios e aprendizado constante. Depois de formalizar seu negócio e com a empresa já em operação, você terá que entender bem as diferenças entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil.

Pode até assustar logo de cara, mas saiba que este conhecimento será muito útil em sua jornada. Mesmo que no futuro você delegue as questões fiscais a um funcionário ou a um escritório de contabilidade, entender o assunto vai ajudá-lo a tomar as melhores decisões na gestão do negócio.

Empreendedores de primeira viagem costumam “tropeçar” em assuntos relacionados com o lucro do negócio. Isso acontece porque calcular e definir o quanto seu negócio vai render envolve diferentes métricas e conceitos. Como saber, por exemplo, se a sua empresa é lucrativa?

Pensando nisso, vamos falar sobre dois conceitos relacionados com os lucros. Neste artigo, explicaremos as diferenças entre fluxo de caixa e resultado contábil. Vamos lá?

Leia também: O que é SPED contábil?

Existe diferença entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil?

Para que você saiba, de forma simples, o que difere um processo do outro é essencial saber mais detalhes sobre cada um deles. Ao final, vai ser fácil distinguir qual deles deve ser usado em determinado momento da sua gestão.

Para isso, vamos isolá-los e entender as características de cada um.

O que é fluxo de caixa financeiro?

Para começar a entender as diferenças entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil, é preciso saber que o primeiro é uma ferramenta de organização, controle e planejamento essenciais para qualquer empresa. É por meio dela que o gestor poderá fazer previsões e planos para garantir o crescimento do negócio.

Um fluxo de caixa bem feito lida com as movimentações monetárias de uma organização durante um período específico de tempo. Dentro dele deverão estar todos os gastos realizados e ganhos obtidos pela empresa. De maneira resumida, ele apresentará a entrada e saída de dinheiro.

O período de tempo de um fluxo de caixa depende do objetivo. Ele pode ser mensal, semanal ou mesmo diário. Dependendo da movimentação da sua empresa é melhor manter uma organização diária que permitirá uma análise posterior o mais detalhada possível.

Aliado ao objetivo da organização, é necessário sempre indicar com clareza a origem do dinheiro que entrou e saiu. O fluxo de caixa costuma ser feito em planilhas eletrônicas, mas em casos específicos (especialmente no dia a dia corrido de um negócio) ele pode ser feito no papel.

Além dos gastos imediatos, as movimentações previstas também fazem parte de um bom fluxo de caixa financeiro. Elas podem ser tanto gastos fixos (como aluguel, luz, água), como lucros esperados (um devedor que pagará em uma data futura previamente estabelecida).

O que é resultado contábil?

O conceito de resultado contábil é um pouco mais complexo de se explicar do que o fluxo de caixa. E isso começa pelo seu nome, ele pode ser chamado de diferentes formas, como:

  • Apuração do resultado de exercício;
  • Contas de resultado;
  • Demonstração do Resultado do Exercício (DRE).

Embora existam algumas diferenças semânticas, todos esses nomes representam uma mesma ideia.

O resultado contábil tem como objetivo controlar as operações de uma empresa, a fim de identificar o lucro líquido obtido durante um período específico de tempo. Ou também, caso ocorra, identificar os prejuízos que foram acumulados.

Quando aparece na forma do DRE, ele tem uma função legal. Esse documento é utilizado para demonstrar ao fisco os movimentos financeiros realizados por um negócio durante o ano, o que tem reflexos diretos em sua tributação.

O período de tempo abrangido pelo resultado contábil depende. Para fins legais, ele precisa ser anual. Apesar disso, recomenda-se que seja feito mensalmente para fins administrativos e fiscais, permitindo que empreendedores e investidores se mantenham bem informados.

Quais são as diferenças entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil?

Baseado nas explicações acima, o fluxo de caixa e o resultado contábil parecem muito semelhantes, certo? Em alguns casos, inclusive, eles podem ser explicados e definidos de maneira praticamente idêntica.

Então quais são as diferenças entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil?

Elas existem e são abundantes. Começando pela sua função: enquanto o fluxo de caixa existe puramente como ferramenta interna, o resultado contábil serve também para fins legais e de tributação.

Os responsáveis pelos dois instrumentos também variam. Fluxo de caixa pode ser realizado por colaboradores devidamente instruídos, sem muitas dificuldades. O resultado contábil, por outro lado, exige conhecimentos mais específicos de profissionais da área de contabilidade.

A principal diferença entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil, porém, está na maneira como eles devem ser utilizados por uma empresa na hora de analisar seus lucros e/ou identificar seus prejuízos. Embora ambos ofereçam números, não devem ser trabalhados do mesmo jeito.

O fluxo de caixa jamais será um bom indicador da saúde financeira de uma empresa. Não somente pela sua natureza mais superficial, mas porque ele não é capaz de abordar lucros e gastos menos óbvios, como os tributos.

Já o resultado contábil tem exatamente essa função: identificar se um negócio está dando lucro ou prejuízo. A maneira como essa análise é feita depende de conceitos específicos da contabilidade, mas eles são possíveis graças aos dados contidos neste instrumento financeiro.

Desta forma, fica mais fácil entender as diferenças entre fluxo de caixa financeiro e resultado contábil, não é mesmo? Mas além das semelhanças – ou não – entre eles , é válido dizer que as duas ferramentas trabalham lado a lado. O primeiro é, inclusive, uma parte importante do segundo. Um bom resultado contábil conterá informações do fluxo de caixa.

No fim das contas, o destino da sua empresa está nas suas mãos, mas se precisar de alguma ajuda, ficaremos felizes em auxiliá-lo com esses processos!

Porém, assim como vários assuntos especializados da gestão empresarial, talvez seja mais interessante que você tenha um escritório de contabilidade cuidando de toda a parte burocrática. Isso lhe permitirá focar em outras atividades essenciais!

Veja também:

O que é DEFIS?

O que é DIRF?

Classifique nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

O Que é Escrituração Contábil Fiscal - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

O que é Escrituração Contábil Fiscal (ECF) e para que serve?

Documento é obrigatório para todas as empresas, sejam isentas ou tributadas Até 2014, era obrigatório o envio da Declaração de Informações Econômico-Fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ) pelas empresas brasileiras. Este documento foi substituído pela Escrituração Contábil Fiscal, conhecida pela sigla

Qual A Importância Da Medicina Do Trabalho - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Qual é a importância da medicina do trabalho?

Mesmo com tantos avanços, é fato que boa parte das organizações ainda não entendem qual é a importância da medicina do trabalho. Então é por isso que vamos abordar esse tema. É fato que as empresas precisam se preocupar com

Flutuação De Preços E Estoques - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Flutuação de preços e estoques

Um dos principais desafios das empresas atuais é a flutuação de preços. Nesse momento existem duas variáveis difíceis de serem previstas: possuir um estoque maior e com isso ganhar descontos por compras grandes e um melhor preço, ou possuir um

Como Calcular O Preço De Venda De Um Produto Ou Serviço - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como calcular o preço de venda de um produto ou serviço?

Provavelmente, todo mundo que já pensou em abrir um negócio deve ter pesquisado sobre como calcular o preço de venda de um produto ou serviço. Afinal, essa é uma parte de extrema importância para qualquer empreendimento, já que será responsável

Como Funciona A Previdência Privada Empresarial - Contabilidade na Zona Sul - SP | Aspecto Contabilidade

Como funciona a previdência privada empresarial?

Com as mudanças realizadas na aposentadoria pública há algum tempo, as pessoas começaram a repensar o seu futuro. Com isso, o questionamento sobre como funciona a previdência privada empresarial aumentou. Como consequência, as empresas passaram a investir mais nessa modalidade.

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Quando se fala em finanças se acende um sinal de…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top